Bem-vindo ao Blog da BE/CRE da Ribeira

Neste blog partilhamos com a comunidade Educativa o produto do trabalho desenvolvido por nós. Contamos com a participação de todos. Seja crítico, deixe o seu comentário e sugestões.

quarta-feira, 23 de maio de 2018

Os vulcões aos olhos dos mais pequenos

Em que idade se começa a introduzir a literacia dos média e a literacia da informação? Desde a mais tenra idade, certo? 
Deste modo, a biblioteca escolar desenvolveu mais uma experiência que pretende articular o seu trabalho com o docente titular de turma, procurando ir ao encontro das necessidades do currículo dos mais pequenos. Desta vez, foi eleita a Educação Pré-Escolar. 
A professora Cristina orientou a atividade, subordinada ao tema "os vulcões". Variando a metodologia de trabalho, partiu-se do grande grupo para lançar o tema e a conversa. De seguida, os participantes agruparam-se em pequenos grupos. Algumas crianças acederam à informação em livros, outras em sítios web, para trocarem os recursos entre si, num segundo momento. Por fim, voltou-se ao grande grupo para partilhar a informação, expondo ideias e sensações. A exploração teve continuidade na sala de atividades, como forma de orientar a ação da biblioteca para fora. 
Constatou-se que estes meninos, enquanto nativos digitais, estão ambientados com as funcionalidades básicas das ferramentas digitais para comunicar.  E a sua curiosidade nata é o motor genuíno da busca do conhecimento. | Helena Marques

Leituras e Experiências

As vivências de leitura continuam. 
Como ler para uma plateia e surpreendê-la com pequenas nuances, pequenos detalhes que a despertam? Como usar a voz e o olhar para chegar ao sentido do texto? Como tocar os pequenos ouvintes?
É esta experiência que estou a desenvolver com as estagiárias da ESEV, levando-as à descoberta de si mesmas, sendo os beneficiados, os nossos alunos. 
Helena Marques

terça-feira, 17 de abril de 2018

EDUCAÇÃO AMBIENTAL PLATICOLOGIA MARINHA

Ontem, iniciámos as sessões de educação ambiental, em todo o agrupamento de escolas, com o Oceanário de Lisboa. Queremos promover a proteção dos Oceanos, através da plasticologia marinha. As bibliotecas escolares estão a estabelecer a ponte com os professores. Catarina está a dar a cara pelo Oceanário, dinamizando as sessões. 
Cuidado com o modo como andamos a tratar os oceanos. A mudança de hábitos é urgente e obrigatória para travar o desequilíbrio evidente. A água percorre o seu ciclo e as correntes dos oceanos, também. Cotonetes, garrafas de plástico, embalagens, microorganismos com polietileno, estão a destruir os ecossistemas. Tudo vem da água e tudo volta à água. Secas extremas ou tempestades inesperadas, tudo está relacionado. O clima é afetado pelo desequilíbrio marinho. 
Cuidar dos oceanos é cuidar-nos. Helena Marques

quinta-feira, 12 de abril de 2018

Concurso Nacional da Leitura

Ontem, realizou-se a fase concelhia do Concurso Nacional de Leitura, na escola Azeredo Perdigão. 
O nosso Salvador Lourenço, do 4ºB, representou muito bem a nossa escola, tendo ficado em 3º lugar, nesta etapa do CNL, na categoria do 1º CEB.
Ávido leitor, bom argumentador, o Salvador costuma ficar em 1º lugar no Top Leitor da nossa biblioteca.
Igual a si próprio, sóbrio, teve uma presença digna. 
Quem muito lê, chega mais longe!

quinta-feira, 29 de março de 2018

Vídeo da SEMANA DA LEITURA

Obrigada a todos os participantes da comunidade educativa. 
Equipa da biblioteca, CRTIC, coordenador, professores e educadoras, pais e familiares, convidados do exterior, instituições da comunidade, assistentes operacionais. 
E, por último, mas mais importante, ainda. As crianças! Somos todos excelentes leitores. E não é por se tratar da Semana da Leitura. 
Porque nós lemos, efetivamente, todos os dias, em todos os formatos! Abraço.  Helena Marques

segunda-feira, 26 de março de 2018

AUTOR FERNANDO PEREIRA

No dia 20 de março, Fernando Pereira teve um encontro com os alunos das escolas de São Miguel e de Santiago, enquanto autor. 
Julga-se que, ao faltar um sentido se cria uma limitação irremediável para o ser humano. Fernando Pereira prova que se pode ser professor,  pai, marido, músico e escritor, tudo ao mesmo tempo.
Porque cego é aquele que não quer ver.
O autor apresentou o seu livro "Menino de Vento" ilustrado por Wilfred Hildonen, o artista holandês. Ao som das baladas da sua viola, Fernando Pereira falou-nos de um menino que possui em si a força do vento para agitar e mudar as coisas injustas à sua volta. Pequenos e grandes estavam absortos na mensagem. Participaram 11 turmas, num total de 327 alunos. E foi assim que a biblioteca escolar promoveu mais um evento de leitura e de cidadania. Obrigada pela partilha da obra e pela lição de vida. | Helena Marques 


"Menino de Vento" (Youtube)

sábado, 24 de março de 2018

SESSÃO DE CONTOS


No dia 22 de março, Isabel Moura dinamizou uma sessão de contos para os alunos da escola do bairro municipal.
Foi esta a forma da biblioteca escolar enriquecer a semana da leitura, um pouco mais... 
Porque a narração oral vem do princípio dos tempos e irá continuar até ao fim dos tempos...
Eis uma forma lúdica de motivar para a leitura. De aconchegar a alma... de provocar o encontro com  a intimidade. Obrigada, Isabel! | Helena Marques